quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

A lógica de tudo


Em minha pequena biblioteca existe um canto especial que eu chamo “estante relevante”, onde eu coloco livros que eu considero, adivinhe só, relevantes. O critério para um livro ser colocado neste canto é simples: ele precisa ter mudado minha forma de ver o mundo ou tenha condições, na minha opinião, de fazer o mesmo com outras pessoas. Este canto também é bastante desfalcado, já que em virtude do segundo critério costumo empurrá-los aos amigos que demonstram algum interesse.

Nesta estante habitam Stuart Mill, José Hernández, Jared Diamond, Friedrich Hayek, Richard Dawkins, Francisco Doratioto, Voltaire, Janer Cristaldo, John Keegan, Milton Friedman e vários outros. Parte destes autores não possui consagração mundial nem foram traduzidos para dez idiomas, mas como disse antes o importante para merecer o espaço é ter mudado minha forma de ver o mundo, ou que eu acredite ser capaz de fazer isto por outros. Mas não era exatamente sobre minhas estantes que eu queria falar, mas de um interessante acréscimo a elas.

O nome do livro é “A Lógica da Vida”, de Tim Harford, e sua tese central é a de que as pessoas agem de forma racional a maior parte do tempo, mesmo quando a estupidez parece mais do que evidente. O autor é economista e da mesma forma como Steve Levitt, autor de Freakonomics, aplica princípios da economia para compreender as coisas da vida. E ele convence. Poder de escassez e barganha, oferta e demanda, incentivos, motivações e, num súbito, parece elementar a razão de prostitutas não usarem camisinha, como o racismo pode ser lucrativo, os salários milionários de CEOs, a ignorância racional dos eleitores, etc.

É um livro relativamente pequeno, mas de leitura agradável e com uma sacada bem esperta. A importância que vejo nele, o que fez com que ele caísse na “Estante Relevante” é a capacidade que possui de fazer o sujeito pensar de maneira lógica para entender o que nos cerca. Existe uma razão para tudo, é só uma questão de fazer as perguntas certas.

Recomendo vivamente.

7 comentários:

zefirosblog disse...

Parece bom. Está incluído na minha lista. Thanks.

Anônimo disse...

*OFF TOPIC*

Para quem concorda e ainda não teve oportundade de assinar o Manifesto pela chapa-pura Serra-Aécio, fica aqui o convite:

http://www.serra-aecio.com.br

Caso já tenha assinado, pode divulgar a todos os seus contatos também!
Abçs!

PATRIOTA disse...

Salve 31 de março de 1964.

Uma data que nos enche de orgulho, por representar o poder de vigilância e de ação das nossas gloriosas FFAA, com total responsabilidade cívica e comprometimento pátrio.

Um dia para ser lembrado como a grande Vitória do Bem sobre o mal.

Um dia comemorado por Homens e Mulheres de bem, cidadãos e cidadãs de boa índole, livres brasileiros de todas as etnias, cores, raças, religiões e classes sociais.

Em torno do dia 31 de março, postam-se de mãos dadas, todos os brasileiros de Alma e Fé, que esperam em Deus uma saída digna para o Brasil, não importando a que custo se tenha que lograr a Vitória, mais uma vez a ser travada pelo Bem contra o mal.

O 31 de março é também uma data cruel, que jamais se apagará da mente dos anarquistas subversivos de ontem e de hoje. Uma data que humilha, envergonha e aniquila o moral dos desgraçados vencidos, a quem, pelas FFAA, como única oferta, fora concedido, tão somente, o direito à rendição.

Portanto, rejubilemo-nos no dia de hoje, e olhemos sempre para frente e para o alto, pois a História se nos oferece para ser consultada, e nela, poder-se-á conhecer que as nossas gloriosas FFAA jamais foram vencidas, pois souberam dar por cumpridas todas as missões que lhes foram impostas, em qualquer tempo e lugar, no Brasil e no exterior.

Neste 31 de março, oremos!

Elevemos o nosso pensamento e rendamos nossos sinceros agradecimentos àqueles que no cumprimento do dever, civis e militares, nos deram a liberdade, cedendo suas vidas à causa pátria, a maioria deles morrendo jovem para viver sempre.

Cada brasileiro, reconheça ou não, tem uma eterna dívida de gratidão para com o Exército Brasileiro, pela sua firme e acertada decisão de sair às ruas naquele 31 de março de 1964, e mostrar aos comunas, ao país e ao mundo, o poder de sua estatura moral, deixando-lhes o recado de que o silêncio faz parte da estratégia e que há sempre o momento certo para agir, até mesmo para a tomada das mais complexas decisões.

Neste dia 31 de março, reflitamos!

Mudemos nossa forma de encarar o problema.

Rechacemos todo e qualquer pensamento de dúvida, de descrença e de desesperança.

Policiemos nossas mentes para enxergarmos o Brasil liberto, uno e soberano, definitivamente desinfectado da escória narco-comuna.

Incondicionalmente, confiemos!

Entendamos que nenhum exército do planeta, sai às ruas comunicando o que pensa, muito menos qual a sua intenção e suas ações futuras.

Acreditemos em Deus, acima de tudo!

Acreditemos na Vitória Universal do Bem sobre o mal.

Acreditemos no Exército de Caxias.

Acreditemos que o dia 31 de março de 1964 foi o prenúncio pacífico de uma grandiosa e definitiva ação corretiva, que a passos largos se aproxima do presente, desta vez mais desejada do que nunca pelo povo, manifestada fora das ruas e sem passeatas, sim, mas concentrando-se nos corações e mentes dos Brasileiros e Brasileiras de Boa Vontade, pelo Brasil a fora, que, ansiosos, aguardam por uma convocação, no momento oportuno.

O Exército Brasileiro é o grande líder na paz e na guerra, e tem muito mais seguidores do que se imagina!!!

Assim se verá!

Salve o 31 de março de 1964.

Salve as FFAA do Brasil.

Salve o Povo Brasileiro.

Anônimo disse...

CONVITE
Sigam o blog http://www.amigosdoserra.com.br/
Já somos muitos, mas queremos mais!

Eduardo C. disse...

Olá,
Muito bom seu post
Somos da Rede Mobiliza (www.redemobiliza.com.br) e fazemos parte do time que representa oficialmente a campanha do José Serra.

Acreditamos que a internet vai decisiva para virarmos o jogo nessa reta final da campanha e queremos que você faça parte disso!

Vamos montar um time de sites que apoiam o Serra e todos os dias enviaremos conteúdos oficiais relevantes a serem divulgados.

Envie seu contato de email para o redemobiliza@gmail.com com o título: "Sou parceiro".

Contamos com você!

zefirosblog disse...

Charlie está sumido. O que houve?

Anônimo disse...

A plataforma VOTENAWEB é uma ferramenta usada por parlamentares para consulta popular de seus projetos, que eles usam como balizadora da vontade do eleitorado e de suas atividades parlamentares.

Votem pelo impeachment:
www.votenaweb.com.br/projetos/impeachment

Lembrem-se de que milhões de reais dos nossos impostos são usados para pagar uma milícia virtual que possui muitos perfis, que frauda enquetes, que falseia a verdadeira opinião e vontade da população brasileira.

*AJUDEM A DIVULGAR*